O que é Dropshipping

O que é Dropshipping e como ele funciona?

Entender o que é dropshipping é só o ponto de partida para e-commerces que querem saber se essa é uma boa alternativa de venda pro seu produto.

Neste percurso é preciso analisar a fundo os aspectos desse conceito para de fato ter certeza de que sua utilização é benéfica para o negócio.

No Google Trends, é possível observar que o interesse por esse modelo vem crescendo no Brasil neste ano de 2019:

Interesse das pessoas no Dropshipping

Aqui você vai saber tudo o que precisa para ficar de olho nessa oportunidade de negócio e evitar erros graves que podem prejudicar seu empreendimento.

O que é dropshipping?

Geralmente, o dropshipping é voltado para e-commerces e empreendedores individuais de marketplaces. O processo consiste em receber as ordens de serviço (vendas) online e encaminhá-las ao fornecedor, ou seja, o parceiro dropship, que por sua vez envia o produto para o seu cliente em nome da sua empresa.

Como resultado, não é preciso manipular ou ter acesso ao produto, você faz apenas o intermédio para venda. O lucro com esse processo vem da diferença de preço entre o valor que você divulga na sua loja online e o que o seu parceiro dropshipping cobra.

Como funciona o dropshipping

Em geral, é um processo relativamente simples como mostra a imagem abaixo:

Como funciona o Dropshipping

Passo 1: um visitante chega à sua loja online e faz uma compra.

Passo 2: você recebe a ordem de venda e manualmente ou automaticamente passa essa informação para o seu parceiro dropshipping.

Passo 3: seu parceiro fica responsável por separar as encomendas e enviá-las diretamente ao seu cliente.

Hospedagem de Sites com 30 dias de teste Grátis

Benefícios de usar dropshipping em seu negócio

Existem muitos benefícios em utilizar dropshipping para vender na internet, abaixo listamos os principais deles:

Menos gastos: sem precisar investir em estoque de produtos, você pode começar um negócio dropshipping bem-sucedido com pouco dinheiro.

Poucas despesas fixas: já que você não tem que lidar com a compra e a gestão do catálogo e do estoque, os custos fixos são bastante baixos.

Na verdade, pelo mundo afora muitas empresas dropshipping bem-sucedidas operam a partir de um escritório em casa com um laptop desembolsando menos de US $ 100 por mês.

À medida que crescem, esses custos são suscetíveis a aumentar, mas continuam a ser baixos em comparação com os de um negócio tradicional.

Flexibilidade: um negócio dropshipping permite operar praticamente de qualquer lugar, basta ter uma conexão com a internet. Desde que você possa se comunicar com fornecedores e clientes, é possível operar e gerir o seu negócio facilmente.

Variedade de produtos: como você não precisa comprar com antecedência os itens para vender, é possível oferecer uma ampla variedade de produtos para os seus clientes e ir aumentando o catálogo conforme for conveniente, desde que o seu fornecedor dropshipping tenha os itens em estoque.

Sem trabalho dobrado: com um negócio tradicional, se você recebe três vezes mais pedidos do que o normal geralmente isso exige o triplo do trabalho. Tendo fornecedores dropshipping, a parte de processamento de encomendas será feita por eles, permitindo que seu negócio se expanda com menos gastos e menos trabalho, por isso será quase a mesma coisa se você vender 5 ou 500 produtos.

Todos esses benefícios fazem do dropshipping um modelo muito atraente para os empreendedores, mas, infelizmente, nem tudo que reluz é ouro. Toda essa conveniência e flexibilidade tem um preço, como mostra o próximo tópico.

Desvantagens do Dropshipping

Desvantagens do dropshipping

Algumas das desvantagens mais notáveis ​​desse modelo de negócio incluem:

Alta competição: um dos maiores desafios é você conseguir se destacar no meio da multidão, já que o dropshipping não permite ter variedades de produtos exclusivos. Você terá uma grande concorrência entre as pessoas que também usam esse meio para venda.

Margens baixas: outra grande desvantagem é a margem baixa, já que normalmente com dropshipping seu lucro será em torno de 20%. Isso por que, por mais que seja tentador vender os produtos à preços exorbitantes para obter o máximo de lucro possível – muitos empreendedores vão com sede ao pote e acabam não obtendo sucesso algum -, é preciso levar em consideração a alta concorrência.

Ter margens baixas significa que você tem que vender um volume significativo para obter benefícios consideráveis.

Sincronização de catálogo (não disponível): se você tem em estoque todos os produtos que vende, é relativamente fácil controlar quais itens estão disponíveis ou não.

Mas, quando você está trabalhando com produtos de terceiros, embora existam maneiras de melhorar a sincronização do catálogo da sua loja com os seus fornecedores, essas soluções nem sempre funcionam perfeitamente e os prestadores nem sempre possuem a tecnologia necessária.

Por você estar confiando o catálogo a alguém, podem surgir ocasiões em que um pedido de envio é passado para o dropshipping, sendo que o produto já foi vendido. O efeito disso é muito grande, já que acaba refletindo no prazo de entrega e acarretando outros prejuízos.

Dropshipping na Prática

Passo a passo para garantir que o dropshipping funcione perfeitamente

Para se destacar da concorrência e garantir o sucesso com esse modelo de venda é preciso seguir alguns passos indispensáveis. Confira:

1. Escolha os produtos para enviar via dropshipping

Depois de ter escolhido um parceiro dropshipping, confira os produtos oferecidos e veja se existe alguma novidade para oferecer aos seus clientes.

2. Experimente produtos de acordo com o calendário

Tente produtos que você sente que está em alta no momento. Por exemplo, durante o verão você pode experimentar para sua loja virtual tops e roupas de banho, enquanto no inverno pode tentar blusas e chapéus. A vantagem é que você pode ousar e ser eclético conforme as necessidades do negócio.

3. Pergunte aos seus clientes que visão eles têm da sua empresa

Depois de um tempo de operação, comunique-se com seus clientes e solicite um feedback. Pergunte a eles o que acham de um produto antes de lançá-lo. Tente fazer algumas perguntas relacionadas ao produto após uma compra também. Faça pesquisas por meio das redes sociais.

Uma vez que você escolheu um produto para experimentar e está tudo definido com o dropshipper de sua escolha, é hora de começar a vender.

Depois de publicar os produtos em sua loja, foque em vender muito usando táticas de marketing bem elaboradas para se destacar.

Conclusão sobre o uso de dropshipping

Usar o dropshipping é o caminho para o sucesso instantâneo no e-commerce? Claro que não. Como qualquer loja online bem-sucedida, você deve investir tempo em um site que ofereça uma boa experiência, assim como em estratégias de marketing e atendimento ao cliente.

Mas, sim, usar o dropshipping é uma maneira fácil de vender sem ter que gastar com muitos processos.

 A Hostec também facilita sua vida, nossos serviços de hospedagem de sites hoje é responsável por manter mais de 1.000 ecommerces na internet, nosso software de hospedagem de sites contem diversas ferramentas para ajudar você a iniciar seu próprio negócio na internet.

Instaladores de lojas virtuais com apenas 1 clique com diversas opções de plataformas como Woocomerce, Magento, Opencart e etc…

Também um excelente construtor de sites com mais de 400 modelos diferentes pra você usar como base pra criar seu site, todos eles com tecnologia responsiva que se adapta a qualquer plataforma, desde smartphones, tv’s, monitores e tablets.

Visite: https://www.hostec.com.br/hospedagem-de-sites e saiba mais informações sobre os nossos serviços.

Compartilhe nas rede sociais:
error

Comentários no Facebook