as melhores distribuições linux da atualidade

As 3 melhores distribuições Linux para 2019

Muitas pessoas estão migrando para a plataforma Linux deste o ano de 2017, atualmente no ano de 2019 estamos com muitos novos usuários procurando informações sobre as melhores distribuições linux. Foi pensando nisto que resolvermos trazer esse artigo aqui para o Blog da Hostec.

A melhor distribuição Linux é de fato a que você consegue desempenhar as suas atividades. No entanto, 2018 foi um ano que alguns usuários sofreram um pouco com suas distribuições Linux, e agora muita gente anda pensando em mudar de distribuição, por isso, para não perder o costume, fizemos a lista com as melhores distribuições para 2019, onde avaliamos a que possui uma comunidade sólida, resolve os problemas de forma rápida e também, presta atenção no que os seus usuários falam. Vale lembrar que a lista das melhores distribuições Linux para 2019.

Hospedagem de sites com 30 dias grátis

As distribuições que vamos listar são destinadas a PC ou Notebook, em ambos os casos você não terá problemas. A gente sabe que um novato no mundo Linux pensa diferente de um profissional de TI, mas vamos analisar o contexto de facilidade, resolução de problemas e engajamento de usuários.

Se você ainda usa Windows não precisa se preocupar em querer instalar todas em seu HD, são muitas as opções, mas se você não tem certeza de como usar uma distribuição Linux, é melhor testá-las no VirtualBox ou no VMware Workstation, com toda certeza você vai encontrar algum que se adapte às suas necessidades e preferências, inclusive algumas vem com o modo live, ou seja, você consegue experimentar sem instalar.

Observe também que essa lista não foi criada seguindo um pódio, e ainda existe a probabilidade de que sua distribuição Linux preferida não esteja nesta lista. Mas, deixe o nome da sua distribuição nos comentários, certamente será mais uma opção para os usuários testar.

1º Lugar = Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver)

Quando falamos em distribuição popular, não temos como não citar o Ubuntu. Neste ano de 2019, a próxima versão LTS será o Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) que foi lançada em 26 de abril de 2018. A comunidade Ubuntu é bem sólida ao redor do mundo, no Brasil há uma boa gama de usuários e as redes sociais estão repletos de grupos que estão divididos por região, estado e até cidade.

O foco do Ubuntu é ser fácil, mas a Canonical empresa por trás do Ubuntu tem feito um bom trabalho, mesmo com alguns problemas no ano de 2017 e começo de 2018, onde a versão do Ubuntu 17.10 apresentou alguns problemas e teve até o download suspenso, no entanto, a equipe de desenvolvedores resolveram o problema o quanto antes e tudo indica que já foi normalizado.

Muitos usuários, migraram imediatamente para a próxima versão do Ubuntu, o Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) que mesmo estando em desenvolvimento tem agradado os usuários do Ubuntu até o momento.

Para quem quer usar o Ubuntu agora, a versão mais recente é o Ubuntu 17.10 que tem suporte por 10 meses e que é a mesma que causou alguns transtornos, em paralelo há uma versão LTS, o Ubuntu 16.04 que tem suporte de 5 anos, sendo o seu final em abril de 2021.

Para mais informações sobre o Ubuntu, fazer download ou ter acesso a documentação do sistema, visite: https://wiki.ubuntu.com/Releases

2º Lugar = Fedora 28

O Fedora é uma distribuição comunitária, gratuita e mantida pela Red Hat e todo o seu software é distribuído sob uma licença livre e de código aberto com o objetivo de estar na liderança de tais tecnologias. Durante muito tempo, o Fedora manteve a reputação de estar focado na inovação e na integração de novas tecnologias enquanto trabalhava em estreita colaboração com as comunidades Linux, mas isso tem mudado nos últimos anos e muitos usuários tem migrado para o Fedora.

O Fedora 28 deve ser lançado em maio de 2018, se tudo ocorrer bem, o time de desenvolvimento costuma fazer checagem antes do lançamento, e erros graves podem atrasar o lançamento. Tudo isso é feito para que o usuário tenha uma experiência incrível com o Fedora. A última versão do Fedora é o Fedora 27 .

O ambiente de trabalho padrão no Fedora é o GNOME, o GNOME Shell sendo uma interface padrão. Você pode instalar outros ambientes de desktop, incluindo Xfce, KDE, MATE, LXDE e Cinnamon. O Fedora é uma das melhores distribuições Linux. Ah! E caso o seu ambiente não esteja nesta lista, não se preocupe, nada que um repositório extra não resolva. Há também o Fedora Spins que são variações que estão com ambientes distintos do padrão.

Se você gostou do Fedora e já quer mais informações ou fazer o download, visite: https://getfedora.org/workstation/

3º Lugar = Elementary OS 0.5

É muita opção de distribuições Linux. O Elementary OS 0.5 deve ser lançado em abril de 2018. Esta é uma distribuição de desktop baseada no Ubuntu e que ficou conhecida por ter uma aparência muito bonita. Sua primeira versão foi lançada em 2011. O sistema operacional Elementary é a principal distribuição que exibe e difunde o ambiente de trabalho Pantheon, que foi escrito a partir do zero usando Vala e o GTK3. No que diz respeito à usabilidade e aparência, a área de trabalho tem algumas semelhanças com o GNOME Shell e o MacOS.

Algumas funções mais importantes do sistema operacional Elementary incluem:

O fato de que é uma distribuição mais limpa do Ubuntu e, portanto, não vem cheia de softwares desnecessários. Isso dá ao usuário a chance de instalar qualquer ferramenta que ele ou ela deseje para suas tarefas diárias. É estável pois a sua base sempre será o Ubuntu LTS, além de leve, simples e intuitivo, o que além de bonito e bem acabado, é adequado para atividades diárias.

A atual versão estável do sistema operacional Elementary é a versão 0.4.1, chamada de Loki. Foi lançado em 17 de maio de 2017. A próxima versão é a 0.5, que será chamada de Juno e que chegou em abril de 2018.

Para mais informações sobre o Elementary você pode consultar a página do projeto: https://elementary.io/

E você, deixe seu comentário abaixo para sabermos a sua opinião em relação as 3 melhores distribuição linux de 2019.

Compartilhe nas rede sociais:
error

Comentários no Facebook